segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Encontro Comunitário na Passagem de Ano

Queridos Caminhantes do Reino:


Graça e Paz da parte do Eterno e do Mestre.


Em nosso último Encontro Comunitário (14/12), discutimos sobe a possibilidade de no dia 31/12 realizarmos um Encontro Comunitário de passagem de ano, onde realizaríamos uma "Ceia" (muito provavelmente c/ churrasco), para podermos celebrar juntos esses momentos como pessoas normais que comungam o mesmo ideal de fé. Como praticamente todos nós viemos do meio evangélico, estávamos habituados à passa a virada de ano na igreja (instituição), "de joelhos", "orando", apresentado nosso "envelope de ofertas contendo nosso projeto de vida", nada contra isso, nem também a favor, a verdade é que, livre de "ranços", gostaríamos de valorizar as nossas relações de irmandade e de amizade, verdadeiramente celebrando juntos, no Caminho, demonstrando o valor que temos uns para com os outros, em verdade, união e amor, demonstrando que esse momento que vivemos para nós é importante, a Estação é importante, o movimento "Caminho da Graça" é importante para nossas vidas, eu sou importante para vocês, e vocês para mim. Se for assim, estaremos celebrando com muita alegria, como pessoas normais, a nossa humanidade, a nossa amizade, a Estação, e entrando no ano de 2009 juntos, pois juntos, temos muito que fazer ano que vem, "se o Eterno quiser".
Sendo assim, gostaríamos que todos vocês, sem exceção, nos encontrássemos no nosso próximo Encontro Comunitário, domingo, dia 21/12, às 10 horas, na Escola Geraldo Teixeira, porém, entrando pelo portão descendo em sentido ao SENAI, no mesmo local do Encontro das Estações, onde, querendo Deus, passaremos a realizar todos nossos Encontros, para tratarmos desse assunto, que pelo menos para mim, é de vital importância, pois se trata de passarmos um momento juntos, privilégio esse, que custou a vida de um "Santo", que teve que morrer na Cruz por nós, para que pudéssemos desfrutar de um momento como esse, desde que, com essa consciência.
Vamos nos organizar, queremos fazer uma “Ceia" nos moldes medievais, com um leitão inteiro assado com uma maçã na boca, taças de prataria de Castelos transbordando de vinhos, desde que seja com o mesmo espírito que Paulo exortou em sua primeira Carta aos Coríntios.

No mais, aguardamos vocês no domingo dia 21/12 no espírito da unidade do vinculo estabelecido na Cruz do Calvário.


Nele, que desejou ardentemente cear pela última vez com os seus discípulos.


Que a Graça do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo seja com todos e suas Casas.



Márcio Alebral


"O Caminho da Graça não é um lugar, são as pessoas."

ANJOS SÃO ESPÍRITOS AMIGOS DE DEUS E DOS HOMENS!

Anjos são espíritos ministradores em favor dos que hão de herdar a salvação, nos diz a Escritura. Sim! Anjos são espíritos! E o que é um espírito? Ora, ninguém sabe, sabendo-se apenas que um espírito é um ente cuja existência não acontece nos ambientes do tempo, do espaço e das energias mensuráveis por nossos aparatos ou sentidos. Assim, quando a Escritura diz que anjos são espíritos, ela nos define a natureza dos anjos. Anjo, de fato, apenas significa mensageiro. Paulo diz em I Corintios 14 que os dons do Espírito Santo também são ministrados aos homens por espíritos. O “Espírito” concede, mas os anjos [espíritos] “ministram” tais dons aos homens. A questão é que para o crente os anjos são seres totalmente estereotipados. Nem mesmo as descrições bizarras que a Bíblia faz de anjos, com semelhanças indefinidas e estranhas, são levadas a sério pelos crentes. Até anjo para se manifestar ao crente precisa vir com a cara esperada pela religião. Se vier com outra cara o crente repreende o anjo em nome de Jesus. Na realidade, os anjos estão presentes sempre em nosso mundo e ambientes. Por vezes já os discerni de modo invisível, tanto quanto já os percebi de modo “disfarçado”. Quando nossos sentidos se desentupirem, então, veremos como fomos acompanhados de dia e de noite, e, também, veremos a quantidade de perigos fora da hora que em nossas vidas foram evitados. No entanto, se a Escritura fala de anjos, não o faz para que eles sejam invocados ou venerados, mas apenas para que se saiba dos cuidados divinos em nosso favor. Ninguém tem que “chamar” anjo em socorro. Quem confia em Deus conta com miríades de anjos. Quem os comanda os anjos é Deus, e não o homem. Portanto, basta que eu confie no Senhor, pois, Ele é Quem decide que anjo e de que modo meu socorro vem. Jesus mandou fazer amizade com anjos quando recomendou que mesmo o mais infiel dos administradores humanos assim procedesse, fazendo amizades entre homens e anjos (Lc 16). Amizade com anjos decorre de nossa amizade com Deus e com os homens! Quem anda em amor, justiça e fé torna-se amigo de Deus e dos homens; e, portanto, conta com profunda amizade de anjos no mundo invisível.

Pense nisso!

Caio 15 de dezembro de 2008

Lago Norte

Brasília

DF

www.caiofabio.com
www.vemevetv.com.br

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Apenas 2 denários!

Apenas 2 denários!

Domingo à noite, após a reunião no caminho da graça, fomos até o centro da cidade para ver uma apresentação natalina. Estava muito cheio gente e permaneci de longe tentando ouvir. Passado algum tempo chegou uma pessoa que fazia um tempo eu não via. Uma cristã verdadeira, porém absorvida em pensamentos e concepções evangélicas, que não do Evangelho. Não a julgo de maneira nenhuma, pois faz o que muito fiz. Por aqui nesses dias é inevitável as perguntas: “ E vocês estão bem? Foram afetados pela enchente?”. Após saber que tudo estava bem, ela começou sua explanação de livramento: “Eu passei a noite repreendendo pra gente ficar imune, afinal Deus faz diferença entre seus justificados pelo sangue de Jesus. Mesmo que seja verdade que muitos crentes foram atingidos” E eu sem querer ser grosseiro só dizia: “pois é”. Tentei desconfortá-la: “Acho que quem Deus “imunizou” tem o dever de ajudar os afetados não é? Fiquei triste de ver igrejas mantendo suas programações normais, enquanto a água engolia muita gente. Sua igreja fez algo em favor das pessoas?” . “Não” ela me disse. “temos lá 3 cestas básicas mas Deus não nos mostrou o que fazer com elas”. Eu ouvi isso ao fundo de hinos cristãos em praça pública, executados por “mundanos” que fizeram uma campanha pra arrecadar brinquedos usados pra crianças na redondeza pra não passarem o natal em branco. Fui remetido a uns minutos antes, quando estávamos na reunião da estação lendo em Lucas 10, o bom Samaritano, onde conclui: Um teólogo perguntou a Jesus: Mestre que devo fazer pra ser um salvo? Ao que Jesus respondeu: Como resumes tua teologia? “ Amar a Deus sobre tudo e de toda forma, e o próximo como a si mesmo” – respondeu o teólogo. E Jesus retornou: “bingo”, faz isso e serás salvo. Infelizmente, Jesus ouve sua última pergunta:“Quem é o meu próximo?”.Então Jesus decide contar uma história: Certa família foi pega de surpresa por uma tragédia. Uma chuva intensa, fez com que um barranco desmoronasse nos fundos de sua casa e trouxe lama até sua cozinha. Eles olharam e viram que muito mais podia vir abaixo. Quando desceram a rua pra pedir ajuda pra salvar os móveis, perceberam que estavam ilhados pela água que havia tomado a rua com mais de 1 metro de altura. Ficaram desesperados por uns 4 dias, mesmo tendo sido alojados num galpão de uma igreja católica pela defesa civil. Pouca coisa sobrou de seus poucos pertences e a casa condenada. Diante da situação um pastor lamentava, pois as coisas podiam ser diferentes se esse povo se voltasse pra Deus. Desse modo as pessoas ficariam protegidas, assim como ele foi. Por isso não pode parar, ele tinha um culto pra prestar ao Deus que o socorreu. Era também dia de entregar sua oferta no altar. Logo depois, passou um ministro gospel, que teve de fazer um contorno imenso por outro caminho pra chegar no templo. Quase chegou atrasado pra campanha de 72 horas de louvor sem interrupção. Felizmente chegou bem no horário de sua escala. Pra salvação da família que havia perdido tudo, um próximo bem distante, quem sabe de Recife, São Paulo ou Porto Alegre ou mesmo do outro lado da cidade, falou com sua patroa:“ Pega umas roupas e aquele colchão do quarto de visitas. Pega também uns 2 denários lá na gaveta pra comprar uns mantimentos. Tem uma carreta que vai levar isso pra umas pessoas que precisam mais do que nós. Depois com o décimo terceiro a gente vê se consegue ajudar um pouco mais. No final a pergunta de Jesus: Qual desses é o próximo?Amar a Deus com força, coração, alma e entendimento é direcionar o serviço ao próximo, mesmo que seja com apenas 2 denários.
Denário = renda pelo trabalho de 1 dia. Na média salarial brasileira uns R$ 25,00.

"Não temo o julgamento final, sei que seremos julgados por um olhar de criança... - Jean-Yves Leloup"

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A IGREJA QUEBRA GALHO DA VIDEIRA

Jesus disse que Ele está para nós assim como a Videira está para os ramos.

Sem videira todo ramo é pedaço de pau e somente isto.

Sim! É madeira morta, boa para ser queimada.

Os cristãos, no entanto, foram enganados e deixaram-se enganar, pois, desde que se determinou que "fora da igreja não há salvação", que a Videira passou a ser a "igreja", e, também, desde então, o Agricultor, que, segundo Jesus é o Pai, entre os cristãos é o Pastor, ou, em alguns grupos, o Corpo de Doutrina pelo qual se faz a "poda" de membros.

Assim, para o crente, "permanecer em Jesus", [João 15], é permanecer firme na "igreja", freqüentando, participando e se submetendo a tudo.

Do mesmo modo, "dar fruto", segundo os crentes e suas emoções condicionadas por anos de engano religioso, é evangelismo como programa, é acampamento como devoção, é célula de crescimento, é cantar no grupo de louvor, é ir à reunião de oração, e, sobretudo, é dar o dízimo em dia.

E o mandamento de amar uns aos outros é algo que os crentes entendem como amar os que são iguais a eles enquanto os tais não ficarem diferentes. Nesse dia eles viram desviados.

Ainda no mesmo andar de engano, os crentes pensam que "ser lançado fora" da Videira é ser disciplinado pelo Agricultor Pastoral ou pelo Conselho de Agricultura que aplica o Corpo de Doutrinas disciplinadoras e excludentes, aos quais supostamente não se equivocam ao separar o joio do trigo no campo do mundo-igreja.

Ser “amigo de Jesus” [João 15], para os crentes é estar em dia com a doutrina, o dizimo e a freqüência.

Assim, para a maioria dos crentes, emocionalmente, é assim que João 15 é sentido e praticado.

Ora, o resultado é o desastre cristão desses quase dois mil anos!

De fato, a religião cristã é um estelionato espiritual, pois, chama para si, como se fora Deus, aquilo que é de Deus e somente passível de realização Nele.

O que Jesus dizia era tão simples.

O que Ele dizia é apenas isto:

Absorvam a minha Palavra; o meu ensino; e o pratiquem com amor por mim e por todo ser humano. Se vocês sempre crerem que a Vida de vocês está em mim e vem da obediência ao mandamento do amor, então, vocês serão meus amigos; e, assim, toda a verdade de minha Palavra será fato e bem na vida de vocês. Mas, sem mim, sem vida em meu amor, sem absorção do Evangelho no coração, por mais que vocês tentem viver e buscar o bem, de fato vocês serão apenas como galhos soltos, secos e mortos; existindo sob o engano de que existe vida em vocês, quando, de fato, pela própria presunção de vocês, estarão mortos sem o saberem.

O resto a História do Cristianismo nos conta!


Caio

24 de novembro de 2008
Lago Norte
Brasília
DF


www.caiofabio.com
www.vemevetv.com.br

ADORO DE TODA A MINHA IGNORÂNCIA!

Quanto mais o tempo passa, mais sou esmagado pela minha ignorância.

Sim! Quanto mais vou sabendo, mais esmagado vou ficando pela constatação do que não sei; pois, quanto mais se sabe, sabe-se apenas mais ainda a fim de aprofundar a natureza e a sofisticação da ignorância.

Não sei quase nada sobre o Universo e seus multiversos; sobre seus anti-versos; sobre seus ambientes paralelos; sobre a sua natureza essencial; sobre suas criaturas e existências; sobre os infinitos mundos que existam dentro e fora do Universo; sobre a Terra, e tudo o que nela há; sim, sou cada dia mais ignorante; ignorante do que sei, e cada dia mais sábio sobre o que não sei...

Cada dia vejo como sou ignorante de mim mesmo e de tudo o que seja mistério no mundo.

Ignorância é minha condição!

Ao mesmo tempo, quanto mais me disponho a amar, mais vejo que o que existe não é feito de conhecimento, mas sim de sabedoria desinformada e caminhante na direção do que seja o amor como vida.

Assim, quanto mais meu saber aumenta, mais cresce minha ignorância; pois, todo saber apenas esclarece o tamanho do que nos falta como conhecimento.

Do mesmo modo, quanto mais reconheço minha ignorância, mais cresço em confiança; pois, meu maior esmagador de ilusões sobre o Sentido da Vida não é a Ciência, mas a Palavra.

A Ciência me dá ilusões de saber. A Palavra é que desmonta tudo, sempre me projetando para naturezas de existências e de possibilidades que estão muito para além da mais fascinante viagem cientifica ou ficcional.

Então, pela fé, fico sabendo o que basta; e isto não me desestimula na busca do saber.

Pela fé fico mais aberto do que qualquer cientista, cuja profissão preconiza uma mente aberta.

Sim! Fico mais aberto do que um cientista, pois, a ciência trabalha com as variáveis do “possível acordado cientificamente”.

Mas a fé decorre da confissão que diz:

“Os impossíveis dos homens são possíveis para Deus”.



Nele, em Quem sou esmagado de alegria de apenas confiar no Amor que não mente,




Caio
26 de novembro de 2008
Lago Norte
Brasília
DF


www.caiofabio.com
www.vemevetv.com.br

RECOMENDAÇÕES E RETROSPECTIVAS: BREVES & LEVES

RECOMENDAÇÕES E RETROSPECTIVAS: BREVES & LEVES

“A humanidade é desumana; mas ainda temos chances...” IO mundo está em crise.Mandaram que a gente resolvesse a crise comprando coisas!“Vamos ao shopping!” – e nossos problemas acabarão! Não faça isso, pois não vamos desmanchar a tal crise gastando suicidamente. Compre o que precisa. Só o que pode. Não faça dívidas para 2009, pois 2009 pretende ser meio difícil. Não gaste o que você não tem para gastar. No fim de ano, recomendo que você presenteie seus queridos com simplicidade, pois o amor autêntico vale mais e resisti às crises, em todos os tempos! Daí, dê abraços, escreva emails, beije, abençoe, ouça, agregue a sua família os solitários, enlutados e deslocados, chore com quem está chorando, e cante com quem está feliz! Ajunte tesouros inacessíveis às traças e às pragas da modernidade!E o Natal será até natalino!!! IISEXO SEGURO X SEXO PRECOCEReinado Azeredo, inteiro direitista, me cativou essa semana. No seu blog, ele questiona se é mesmo necessário convidar alunos e alunas de 12 a 13 anos a manipular em sala de aula um pênis de borracha, vestindo-o com camisinha, com o pretexto de instruí-los sobre a maneira correta de usar tanto um como o outro.Pois é. Eu penso que nada está tão ruim que não possa ficar pior: no ensino fundamental já não se aprende a ler e escrever (vide os alunos que chegam “as minhas mãos” na Universidade), mas o Programa de Saúde da Rede Pública quer ensinar crianças a transar com segurança! Nem questiono a importância da educação sexual nas escolas (eu ainda vivo nesse planeta!). Questiono a idade, e o método para essa idade. “Ah! Mas, eles todos já vivem “engatados” nos trenzinhos sexuais dos bailes funks...” Eita, e por causa disso vamos acatar que a adolescência é um baile de acasalamento??? Então, onde o barco não virou ainda, tentemos o contrário, meus amigos educadores: Vamos ensinar que crianças não fazem sexo, senão sob o preço de perder a juventude que virá! E enquanto os professores estiverem assim, perdidos na permissividade pós-moderna, assuma VOCÊ a educação sexual de seus filhotes, para que a sua filha não tenha que vestir um pinto na classe e desvesti-lo no primeiro encontro de curiosidade sob nossa licença alienada!Nossas crianças queriam tanto nossa repreensão amorosa e segurança paterna. Mas continuaram perdidas na busca de seus referenciais. Sozinhas. Perdidas. Pois esse é o tempo onde se admite perder a juventude desde que se a perca com saúde. IIIA expectativa de vida no Japão é 83 anos. Em Serra Leoa, 40.Sou profeta de um mundo previsível:Diga-me onde moras e te direi quando morres! IV Ranking dos 10 termos mais buscados no Yahoo em 2008: Em primeiríssimo lugar ficou o Big Brother Brasil 8 !O maior assunto de roda desse ano! Viva nossa falta do que fazer!'Gostei' da notícia fútil. Eh! Fiquei com a impressão que não temos problemas por resolver, pois é a ociosidade da mente alheia de si própria que nos leva a espionar a vida alheia em teatrinhos de intimidades “espontâneas” diante das 50 câmeras que as vigiam! Eu, doente de pensar em gente, gostei de saber que a gente não parece estar sofrendo tanto assim! Início do fim do ano/ 2008

Marcelo Quintela


Santos/SP


O Caminho é uma pessoa e seu nome é Jesus!

Bíblia Online

  © Blogger template 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP